Como aumentar seu capital de giro por meio do seu ciclo financeiro.

Desde de o momento de formulação de uma empresa, o empresário começa a pensar a melhor forma de empregar seu dinheiro com a finalidade de obter a maior lucratividade possível do seu negócio. Por esse motivo, irei apresentar algumas dicas de como gerenciar o Ciclo Financeiro de sua empresa, para que seja possível extrair o máximo de lucratividade possível da operação.

O que é o Ciclo Financeiro?

Por definição, Ciclo Financeiro é o tempo decorrido entre o momento em que a empresa realiza o pagamento ao seu fornecedor, e o momento em que recebe o valor referente a venda do produto. Ou seja, o tempo em média que a empresa utilizou para financiar suas operações.

O melhor cenário vislumbrado pela empresa deve ser o de menor Ciclo Financeiro possível, pois assim poderá otimizar o seu Fluxo de Caixa através de um controle dos seus recebíveis e do financiamento de seus fornecedores.

Antes de apresentar o cálculo básico do Ciclo Financeiro, importante entender outros dois ciclos que estão diretamente ligados a saúde financeira da empresa:

Ciclo Operacional é composto por todos os acontecimentos de uma empresa, tem início na compra da matéria prima, passa pela produção e estocagem do produto, e tem fim no recebimento da venda relacionada ao produto.

Ciclo Econômico, por sua vez, tem início na compra da matéria prima e finaliza na venda do produto acabado, excluindo assim o recebimento referente ao produto.

Como calcular o Ciclo Financeiro?

Tendo como base a imagem acima, podemos identificar diversas formas de realizar o cálculo do Ciclo Financeiro. Para simplificar, abaixo segue uma forma de realizar o cálculo:

Dicas

  1. Em relação aos prazos, todos esses indicadores irão variar de setor para setor, seja por políticas de compras à vista, diferenças no processo produtivo, entre outros, cada setor tem uma característica predominante quando tratamos desses prazos:
    1. Prazo Médio de Recebimento: este indicador deve ser o menor possível, um prazo de recebimento baixo significa que sua empresa está realizando um bom controle no processo de cobrança e faturamento;
    1. Prazo Médio de Pagamento: deve-se colocar na balança o máximo que este prazo pode ser estendido, sem que haja algum ônus para a empresa;
    1. Prazo Médio de Estocagem: deve ser o menor possível já que o processo de estocagem é gera custos para a empresa. Se mantido a níveis baixos, este indicador representa um bom planejamento operacional da empresa, em todo o processo de suprimentos, produção e vendas.
  2. Grande parte do sucesso na gestão do seu Ciclo Financeiro é decorrente de uma boa negociação. É importante que a empresa esteja alinhada e com bons negociadores nas pontas do processo, em relação aos suprimentos, quanto maior o prazo no momento de aquisição dos produtos, melhor. Tenha em mente que sempre deve ser analisado se a extensão de algum prazo na aquisição de produtos irá gerar alguma despesa para a empresa. Em relação a outra ponta, o time de vendas deve estar ciente da política de prazos oferecidos pela empresa, conceder prazos sem que haja um critério definido com base na estratégia da empresa, pode prejudicar o seu caixa.
  3. Controle do volume de produtos em estoque. Produtos em estoque são sinal de custo para a empresa, quanto menos tempo o produto ficar em estoque, menos oneroso será. Um estoque muito alto pode significar A aquisição de produtos de baixo custo, e possivelmente baixa qualidade, pode promover um maior giro no seu estoque, entretanto lembre-se que a ideia não é girar o estoque e controlar o Ciclo Financeiro a qualquer custo, é necessário comercializar uma linha de produtos que esteja alinhada ao planejamento estratégico da sua empresa.
  4. Não existe uma boa gestão do seu Ciclo Financeiro sem um bom sistema de gerenciamento. Quer você use planilhas do Excel, ERP’s (Enterprise Resource Planning) ou algum outro sistema para controle do seu Ciclo Operacional, um sistema que se enquadre ao perfil de sua empresa é necessário para ter sucesso nessa gestão.

Todo empresário deve vislumbrar o gerenciamento eficaz do seu Ciclo Financeiro, qualquer que seja o momento pelo qual sua empresa esteja passando, este processo irá colaborar para que a empresa possa obter retornos maiores.

No momento atual que estamos passando, com a recessão presente em nossas vidas decorrente do COVID-19, diversas empresas, de setores distintos, se deparam com uma diminuição recorrente do seu caixa e por esse motivo é preciso considerar:

  • Liquide o estoque: realizar a venda dos produtos que ainda estão em estoque, no intuito de gerar caixa e assim poder utilizar esse caixa para necessidades financeiras da empresa, ou até mesmo comprar outros produtos para venda. Avalie os produtos a serem oferecidos aos seus clientes, verifique se o melhor é adquirir produtos que tem uma aderência maior ou então produtos que tem um índice de lucratividade maior;
  • Negocie com seus fornecedores: a possibilidade de postergar pagamentos, ou dividi-los para os meses subsequentes é algo que grande parte das empresas vêm realizando, pois é uma forma de auxiliar uma estabilização financeira dos clientes nesse primeiro momento, para no futuro receber o valor devido. A maior parte dessas negociações envolvem a cobrança de juros, por esse motivo é necessário avaliar a operação como um todo;
  • Estratégias de vendas: utilize de algumas estratégias de vendas para conseguir gerar caixa. Promoções são a estratégia mais famosa, entretanto alguns setores têm tido um respaldo de grandes fornecedores em campanhas inovadoras. Marcas como Stella Artois, Heineken e Bohemia têm realizado grandes campanhas de arrecadação que irão ajudar bares e restaurantes durante este momento de isolamento social. O PicPay isentou MEI’s e PME’s de taxas cobradas pelos seus serviços. Entre tantos outros serviços, que tem auxiliado as empresas das mais diversas formas. O que me traz ao próximo tópico:
  • Oportunidades do momento: se aproveite das oportunidades presentes neste momento, seja na negociação de serviços utilizados, a obtenção de créditos oferecidos pelo governo. Avalie todas as oportunidades oferecidas neste momento, pois muitas delas irão possibilitar que você equilibre seu caixa.

Essa publicação foi útil para você? Comente abaixo e nos diga o que achou. Aproveite e compartilhe com mais pessoas que possam precisar de acesso a essas informações.

Caso tenha alguma dúvida entre em contato conosco através de nossas redes sociais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s